Pedro e a labradora Laika

Labrador

Pedro era tutor da labradora Laika, devidamente certificada com pedigree, mas ainda jovem demais para gerar filhotes. Mesmo assim, um dia, Pedro decidiu arriscar e colocá-la para cruzar com outro belo labrador. Queria reaver seu investimento com a venda dos pequenos, o mais rápido possível.

Quando nasceram os seis filhotes, entretanto, Pedro descobriu que não eram puros. Durante o cio, provavelmente Laika cruzou também com algum vira-lata que vivia nos arredores.

Impossibilitado de vendê-los, Pedro, cruelmente, colocou os filhotes em uma caixa de papelão e escondido pelo véu da madrugada, os deixou em uma viela, abandonados à própria sorte.

Sem comida, água, companhia ou proteção, dois deles morreram de frio e fome. Dois foram adotados por pessoas que os viram ali e dois tornaram-se cães de rua. Pedro ficou impune. Ninguém soube de seu crime. Para os parentes e amigos que perguntaram sobre os filhotes, ele respondeu que infelizmente não sobreviveram ao parto.
Laika, uma semana depois do desaparecimento de seus filhotes, desenvolveu uma infecção séria e morreu. A ganância de Pedro acabou tirando a vida de sua melhor amiga.

Meses depois, Pedro andava pela calçada e sentiu que estava sendo seguido. Olhou para trás e viu um filhotinho, aparentemente mistura de labrador e vira-lata, andando atrás dele. Automaticamente, lembrou-se dos filhotes de Laika que abandonara. Sentiu raiva e deu um chute no pequeno, que assustado, correu para a rua.

Talvez por um instintivo lampejo de consciência, em um rápido milionésimo de segundo, Pedro percebeu que o bichinho seria atropelado e instintivamente entrou na frente do carro que vinha, acenando para que ele parasse.

Pedro, muito arrependido, levou o pequeno para casa e cuidou dele como um verdadeiro filho, por anos. Tornaram-se grandes e inseparáveis amigos.

Doze anos se passaram… Depois de vários tratamentos ineficazes, Pedro estava prestes a partir, vítima de câncer e pediu para a esposa que trouxesse Zeus, para que ele pudesse se despedir do amigo.

O amigo colocou as patas dianteiras na cama e meio desengonçado, cheirou e lambeu o tutor. Parecia saber exatamente o que estava acontecendo. Finalmente, parou e olhou fixamente para Pedro.

Dizem que quando estamos próximos de atravessar o portal que separa a vida da morte, nos tornamos mais sensíveis. Assim aconteceu com Pedro, que “leu” no olhar de Zeus as seguintes palavras:

“Eu sou um dos filhotes de Laika, que você abandonou. Não se preocupe, eu já lhe perdoei há muitos anos. Pode partir em paz, eu vou cuidar e proteger a mamãe”.

Com algumas lágrimas de gratidão escorrendo pelo rosto, Pedro deu um sorriso, suspirou pela última vez e realmente partiu. Uma de suas mãos era segurada pela mão da esposa que chorava copiosamente e na outra, Pedro morreu segurando a patinha de Zeus. Este soltou a mão do amigo, uivou baixinho e deitou-se ao lado da cama, todo encolhido e triste.

As pessoas que participaram do velório, cochichavam com a viúva:

– Nossa, ele parece ter morrido com tranquilidade, né? Está com o semblante suave, parece até que está sorrindo levemente…

Ao que ela respondia:
– É que ele partiu segurando a patinha de Zeus, seu melhor amigo!

NOTA: Esta história, assim como os personagens, é fictícia. Entretanto, filhotes de cruzas indesejadas são abandonados pelos tutores diariamente em todas as capitais brasileiras.

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

  • Listado das raças de cães

    por em 29/01/2013 - 8 Comentários

    Aqui apresentamos tabelas gráficas com as raças mas conhecidas de cães

  • Raça Schnauzer

    por em 01/02/2018 - 0 Comentários

    Schnauzer é de origem alemão, um cão particularmente apto para guarda, defesa pessoal e companhia. Seu nome deriva da palavra em alemão Schnauze, que significa “focinho”. Seu focinho realmente é uma característica peculiar, especialmente por ter este longo bigode elegante, charmoso, e muito conhecido.

  • Raça Maltês

    por em 07/11/2018 - 4 Comentários

    Maltês é uma pequena raça canina, também chamada bichon maltês, oriunda de Malta, chegada ao Brasil alcançou o ápice de sua popularidade em 2000, quando tornou-se uma das dez raças mais comuns do país. O maltês é um canino de companhia, capaz de adaptar-se facilmente a vida de seus donos, é um cão de alarme […]

  • Raça Pastor Alemão

    por em 11/12/2018 - 1 Comentários

        O pastor alemão (Schäferhund em Alemão) vem de Alemanha, e é uma raça relativamente nova. Sua origem é de 1899. É descendente de cães pastores que foram originalmente desenvolvidos para coletar e monitorar ovelhas. Graças à sua força, inteligência, treinabilidade e obediência, pastores alemães em todo o mundo são muitas vezes a raça […]

  • O Cachorro do dia – Setembro 2014

    por em 30/09/2014 - 0 Comentários

      Por segunda vez a fanpage dos Cachorros Brasil no Facebook organizou a concorrência O Cachorro do dia. A participação dos curtidores foi grande e infelizmente alguns cachorros não puderam ser selecionados, mas eles poderão novamente participar na próxima concorrência.

Novidades

Conheça mais sobre as raças de Cães
- Raça Pastor Alemão
- Raça Schnauzer
- Raça Maltês

- Listado das raças de cães

Anuncios

Anuncios Populares do Dia

Facebook no Amigos