R$ 500,00

Procuro Pug para doação

grant

Detalhes:

  • Tipo de anúncio: PROCURO
  • Rua: Ricardo Cavatton
  • CEP: 05038110
  • Bairro: Lapa de Baixo
  • Cidade: São Paulo
  • Estado: São Paulo
  • Pais: Brasil
  • Celular: 11 96034-0900
  • Anunciado em: 14/03/2016 10:26
  • Expira: 50 dias, 20 horas

Detalhes do Anúncio:

Olá estou a procura de um cãozinho pug para que eu possa adotar. Amo muito esta raça. Já tem 10 anos que perdi minha cachorrinha ela morreu em meus braços por conta da velhice e desde então nunca mais pude ter a oportunidade de ter um animal para cuidar e amar. Por favor quem puder entre em contato comigo, pois essa procura ja vem tem mais de 2 anos, mais nunca consegui comprar nenhum pois minha situação financeira nao permite pois o valor é bem alto. Não importa se for femea ou macho amarei e cuidarei com todo amor e carinho esse bebezinho. Posso até contribuir com um valor menor
Obrigada

Listing ID: 95056e5c35b7f218

  

Report problem

Processing your request, Please wait....

Deixe seu Comentário

Anuncios Populares – Hoje

Ultimos posts do blog

  • Raça Schnauzer

    por em 17/11/2016 - 0 Comentários

    Schnauzer é de origem alemão, um cão particularmente apto para guarda, defesa pessoal e companhia. Seu nome deriva da palavra em alemão Schnauze, que significa “focinho”. Seu focinho realmente é uma característica peculiar, especialmente por ter este longo bigode elegante, charmoso, e muito conhecido.

  • Raça Pastor Alemão

    por em 09/11/2016 - 1 Comentário

        O pastor alemão (Schäferhund em Alemão) vem de Alemanha, e é uma raça relativamente nova. Sua origem é de 1899. É descendente de cães pastores que foram originalmente desenvolvidos para coletar e monitorar ovelhas. Graças à sua força, inteligência, treinabilidade e obediência, pastores alemães em todo o mundo são muitas vezes a raça […]

  • O Valor de um Sonho

    por em 23/06/2016 - 1 Comentário

      Ele era pequeno e parecia assustado. Viajou muitas horas de avião, de São Paulo até chegar ao aeroporto de Natal. Provavelmente a turbina do avião o tenha deixado aflito. Longe dos pais, longe dos irmãozinhos, longe do antigo dono. O que será que passava pela cabecinha dele? Sempre pensei nisso: – O que passa […]